Espaço Cultural

Inagurado em 1982, o Espaço Cultural José Lins do Rego é um equipamento que oferece uma série de atrações. No local funcionam a Galeria Archidy Picado, Lutheria, Planetário, Museu José Lins do Rêgo, Escola de Música Anthenor Navarro, Teatro de Arena, Teatro Paulo Pontes, Escola de Dança, Estação Ciências e mezaninos para exposições, Escola de Circo e a Biblioteca Juarez da Gama Batista.

Endereço: R. Abdias Gomes de Almeida, 800 – Tambauzinho
Telefone: (83) 3211 6250
Horário: Diariamente, a partir das 8h

Farol do Cabo Branco

Construído em 1972 o Farol do Cabo Branco tem 19 metros e seu alcance luminoso é de 27 milhas náuticas. Situado na falésia da praia de Cabo Branco a cerca de 800 metros ao norte da Ponta do Seixas, o ponto mais oriental das Américas.Com uma torre triangular em concreto, três projeções pontiagudas em forma de asa a 3,5 m do chão, o farol é pintado de branco com uma faixa horizontal preta logo acima das asas. O Farol do Cabo Branco tem uma forma triangular única no país. Os seus projetistas tiveram a intenção de representar uma planta de sisal, ao desenhar o farol. O sisal representou um dos ciclos econômicos mais duradouros e lucrativos no estado da Paraíba.
O projeto do monumento é de Pedro Abraão Dieb, professor aposentado do Departamento de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), que faleceu em novembro de 2007, em João Pessoa.

Mercado de Artesanato Paraibano

O Mercado de Artesanato Paraibano é ponto obrigatório para a visitação. O prédio possui mais de 120 lojas que comercializam o artesanato da região.
Endereço: Av. Rui Carneiro – Tambaú
Telefone: (83) 3247 3135
Horários: De segunda a sábado, das 9h às 19h; domingo, das 9h às 17h.

Feirinha de Tambaú

Surgida na década de 1980, em frente ao Hotel Tambaú, a Feirinha era conhecida como uma espécie de reduto alternativo, muito frequentada pelos adeptos de Shows de Rock e MPB, o que deu origem a um dos maiores circuitos de bares da cidade.
Atualmente a Feirinha conta com 45 boxes onde os artesãos comercializam seus produtos e boxes onde são vendidas comidas típicas do Nordeste, tapiocas recheadas, pratos contendo carne de sol e charque como purê de macaxeira, baião de dois e lanches em geral como pizzas, hambúrgueres, crepes.
A praça também dispõe de uma ampla área de passeio onde acontecem os shows e atividades artísticas e culturais. A Feirinha é atualmente uma das principais opções de lazer para visitantes, turistas e moradores da capital.

Piscinas Naturais do Seixas

Já nas imediações do Farol do Cabo Branco, na Praia do Seixas, encontra-se o local ideal para os adeptos do mergulho e esportes náuticos: as Piscinas Naturais do Seixas, onde encontramos centenas de espécies de peixes, algas, répteis (tartarugas marinhas), moluscos, crustáceos e outros organismos marinhos.
Um cenário paradisíaco, repleto de biodiversidade e de momentos únicos para a sua vida.

Picãozinho

Formação de recifes, que fica localizada a cerca de 1.500 metros da praia de Tambaú, no litoral de João Pessoa. Durante os períodos de maré baixa, uma grande porção dos recifes fica exposta.
Picãozinho é um dos mais importantes pontos turísticos da cidade, sendo desde a década de 1980 explorado turisticamente. Atualmente, existem diversas embarcações que fazem o translado entre a praia de Tambaú e os recifes. Durante o trajeto, que dura aproximadamente de 15 minutos, os turistas são instruídos a não andarem sobre os corais.

Praia do Bessa

No extremo Norte de João Pessoa, com 5,3 km de areias brancas e batidas, além de águas esverdeadas e calmas, recifes e coqueiros, a Praia do Bessa é uma das mais procuradas por turistas. Bares, pousadas e o clima de cidade litorânea invadem as ruas do bairro e complementam a beleza do local.

Caribessa

A poucos quilômetros da praia, em meio a 4km de corais preservados, o trecho sem ondas próximo à orla do Bessa, conhecido por turistas e moradores como “Caribessa” devido às suas belas águas calmas, é rico em diversidade marinha, sendo um ambiente perfeito para a preservação do ecossistema. Seja via caiaque ou stand up paddle, quem visita o“Caribessa” está sempre em contato com o melhor da natureza.

Mergulhos

Numa distância de 5 a 15km da praia do Bessa, naufrágios que datam dos séculos XIX e XX atraem dezenas de pessoas todos os dias. As embarcações de Alvarenga, Queimado e Alice abrigam vida marinha em seus destroços, que encantam aqueles que se aventuram por essas águas.

Praia do Seixas

Aqui fica o Extremo Oriental das Américas. Nacionalmente conhecida como o a porção de terra mais próxima do continente africano, a Praia do Seixas, embora tenha uma grandiosa importância, é uma das menores praias de João Pessoa. Uma pequena faixa de areia, alguns bares e muitos coqueiros dão o tom de beleza a este lugar.

Praia de Manaíra

É no bairro mais economicamente desenvolvido de João Pessoa. Formada por uma estreita faixa de areia branca, que começa ainda na praia de Tambaú e estende-se até próximo à praia do Bessa. A calçadinha da orla é comumente usada para atividades físicas e bem frequentada por turistas e moradores que desfrutam da paisagem única.

Pôr do Sol do Jacaré

O pôr do sol do Jacaré, em Cabedelo, é uma das atrações imperdíveis para quem visita a capital paraibana.
Todos os dias, às 17h, quando o sol começa a se pôr, iluminando as águas do Rio Paraíba, o saxofonista Jurandy do Sax, em um embarcação, executa o ‘Bolero de Ravel’. Às 18h outro músico executa a ‘Ave Maria’.
Os visitantes também podem comprar objetos na Feirinha de Artesanato que funciona no local.

Praia de Tambaú

Sinônimo de beleza e agitação, as areias da Praia de Tambaú é uma das mais movimentadas de João Pessoa. Os diversos bares, restaurantes e locais com música ao vivo são um atrativo a mais para quem quer aproveitar uma das praias mais lindas da cidade. O mercado de artesanato e a feirinha de Tambaú são parada obrigatória de quem visita o bairro.
A partir da costa, barcos, lanchas e jangadas partem rumo a uma formação de recifes que encantam turistas e moradores há mais de 30 anos. A beleza de Picãozinho atrai visitantes todas as épocas do ano, durante a maré baixa, quando piscinas naturais se formam no local e expõem ainda mais sua fantástica biodiversidade marinha. As práticas do mergulho é perfeita para quem deseja apreciar este paraíso mais de perto.
As areias de Tambaú recebem milhares de pessoas que se reúnem anualmente para comemorar a chegada do ano novo.